Cláudia Ferro

Nascida em Coimbra, Portugal, viveu onze anos no Rio de Janeiro, Brasil, e atualmente reside em Lisboa.

 

Licenciada em Psicologia Clínica, possui formação profissional e experiência na área da Psicologia Clínica e Forense e das Ciências Sociais.

 

A prática artística como autodidata assume uma perspectiva de busca do Belo, de  procura,  através do desenho e da pintura, de uma “realidade alternativa”, mais onírica, mais pacífica, mais hedonista, mais colorida, onde o lado positivo da vida e das pessoas esteja refletido e possa refletir-se no olhar de quem observa a obra. 

 

As suas obras atuais são dominadas por figuras femininas de grandes olhos que simultaneamente questionam e observam, apreendem e interpretam o que está fora (o mundo, a “realidade”, os outros), integrando parte no seu interior, e refletem, projetam, no expetador o que está dentro (será “alma”?).

 

Nesta coleção o masculino surge como elemento ligado ao feminino, a sua presença representa o “relacional”, a partilha de emoções e afetos, numa perspetiva de amor, paixão, deleite, proteção...

Através da representação do corpo, enquanto elemento impressivo/ expressivo, repositório de significados, vivências, prazeres, afetos, memórias, pretende atingir um grau de poesia visual, recriada pelo observador.

Citando Clarice Lispector:

“Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada”.

Cláudia Ferro

(Contactos:

Arte Cláudia Ferro (facebook)

Email regiferro@gmail.com 

telemóvel 966 518 797)

Subscribe to Our Newsletter